2020: A transformação digital bateu à nossa porta?

2020: A transformação digital bateu à nossa porta?
FACEBOOK
LINKEDIN
TWITTER

Chegamos em 2020, o ano em que o mundo parou. Com as empresas sendo forçadas a adotar o home office, estamos vivenciando de fato uma transformação digital, onde boa parte das companhias precisam se reinventar e se adaptar às novas tecnologias.

Quem já adotava esse modelo de trabalho de forma parcial está lidando melhor com a situação. Porém, de um modo geral, todos estão tendo que se adaptar e utilizar soluções que exigem conexões mais potentes e redes robustas.

Por isso, os provedores de internet precisam estar preparados para entregarem capacidade suficiente que permitam a seus clientes extraírem o máximo do potencial destas soluções.Pensando nisso, separamos algumas das principais tendências que devem fazer parte da nossa rotina nos próximos anos. Confira:

Hiper-automação

A automação usa a tecnologia para automatizar tarefas que antes exigiam seres humanos.A hiper-automação lida com a aplicação de tecnologias avançadas, incluindo Inteligência Artificial (IA) e aprendizado de máquina (Machine Learning -ML), para automatizar cada vez mais os processos. Apesar de já vivenciarmos a automação em alguns setores, essa tendência tende a aumentar cada vez mais e novas estruturas serão criadas dentro das companhias e, com isso, as pessoas passem a ocupar cargos onde possam ser mais estratégicas e criativas.

Carros autônomos

Grandes montadoras já começaram a produzir os carros autônomos, mas eles ainda não são uma realidade mercadológica. A expectativa é de que estejam disponíveis no mercado em 2025. Com o carro autônomo as pessoas não mais utilizarão suas mãos para dirigir seus veículos e uma nova organização de transportes deverá surgir no planejamento das cidades.

Multi-nuvem e nuvem distribuída

A nuvem já era uma tendência que estava em avanço contínuo. A adoção de serviços em nuvem deve aumentar após o break de 2020, assim como soluções multi-cloud, que utilizam mais de uma nuvem e ambientes distribuídos que se referem à distribuição de serviços de nuvem pública para locais fora dos data centers físicos do provedor de nuvem, mas que ainda são controlados pelo este.

Na nuvem distribuída, o provedor de nuvem é responsável por todos os aspectos da arquitetura, entrega, operações, governança e atualizações de serviços em nuvem. Mesmo com vários pontos, os servidores são conectados em uma única rede ou hub (ponto) de serviços. Os benefícios são alta disponibilidade de recursos, baixa latência e ainda um maior controle sobre os dados.

Internet das Coisas – IoT

Hoje não são só as pessoas estão conectadas à internet, mas diversos dispositivos. No futuro a tendência é que TUDO esteja interligado. Com IoT, muitos os objetos estão realizando tarefas de forma automatizada, trazendo benefícios tanto domésticos, quanto para o mundo corporativo. Casas inteligentes já são realidade. As indústrias já obtêm dados para maior controle de sua logística e de sua produção através de sensores, que também podem ser usados por lojas para entender melhor o perfil de seu consumidor durante a experiência de compra.O agronegócio não está atrás e já faz a gestão e mapeamento de sua colheita através de Drones, por exemplo.

Aprimoramento humano

O aprimoramento humano é uma das tendências apontadas pelo Gartner. Basicamente se trata do uso da tecnologia para aprimorar as experiências cognitivas e físicas de uma pessoa.

O aprimoramento físico altera uma capacidade física inerente ao implantar ou hospedar uma tecnologia dentro ou sobre o corpo. A exemplo dos wearables que estão sendo usados pelas indústrias para melhorar a segurança do trabalhador e aumentar a produtividade.

O aprimoramento físico se divide em quatro categorias principais: aumento sensorial (audição, visão, percepção), aumento de funções biológicas (exoesqueletos, próteses), aumento cerebral (implantes para tratar convulsões) e aumento genético (terapia somática de células e genes).

De maneira geral, a tendência é que a demanda por conectividade aumente cada vez mais, seja por causa das novas tecnologias que estão surgindo, ou pela transformação nos modelos de negócios e de relações interpessoais. Devemos estar preparados para oferecer sempre serviços de rede de qualidade com confiabilidade e escalabilidade. O mundo pode até desacelerar em alguns aspectos, mas a internet está sempre presente conectando as pessoas e acelerando novos negócios.

Summary
2020: A transformação digital bateu à nossa porta?
Article Name
2020: A transformação digital bateu à nossa porta?
Description
Empresas encontram-se em transformação digital intensificada e precisam reinventar sua forma e relação de trabalho. Para os provedores de internet, é tempo de intensificar os esforços.
Author
Publisher Name
Eletronet
Publisher Logo

Quer saber mais sobre o Mundo dos Provedores de Internet ?

Assine nossa Newsletter e Receba novidades exclusivas!

Comentários