As PPPs salvaram o home office em 2020

As PPPs salvaram o home office em 2020
FACEBOOK
LINKEDIN
TWITTER

A pandemia da Covid-19 trouxe muitas perdas neste ano, mas também provou o quanto somos capazes de realizar transformações digitais rápidas e eficientes.

Nunca tivemos um ano em que a internet foi tão utilizada e demandada: consolidamos o home office e consumimos plataformas de streaming como nunca. No entanto, nossas conexões não estavam preparadas para suportar tantos acessos e aplicações: era necessário melhorar.

De acordo com aAgência Nacional de Telecomunicações (Anatel), neste ano, o aumento do acesso à internet nas velocidades acima de 34 Mbps subiu cerca de 20%. 

Segundo informações da ABRINT (Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações), os responsáveis pela ampliação dessas conexões são as Prestadoras de Telecomunicações de Pequeno Porte (PPPs), que cresceram cerca de 47% entre março e setembro de 2020, desbancando as grandes operadoras, que ficaram com apenas 18%.      

Ainda seas PPPs forem comparadas ao ano de 2019, elas cresceram 144%, ganhando mais 3,5 milhões de novos acessos, se destacando mais uma vez se equiparadas às grandes operadoras, que evoluíram cerca de 39% no mesmo período.

A demanda pela banda larga de alta velocidade aumentoutanto quanto os provedores regionais. Os dados da Anatel também revelam que mais de 60% do mercado de fibra óptica até os domicílios brasileiros vêm das PPPs.

Atualmente, a fibra óptica é a tecnologia mais importante para as telecomunicações, oferecendo maior estabilidade de sinal, menos interferências e capacidade de maior velocidade, com cabos que possuem maior largura de banda e que chegam a lugares mais distantes.

O crescimento das PPPs é uma tendência para 2021 e tem sido fundamental para a  popularização da fibra óptica no Brasil, resultando em custos mais baixos e estimulando as grandes operadoras a aperfeiçoaremsuas infraestruturas e planos, no entanto, para que elas se mantenham, é necessário que se atentem às inadimplências, que ainda é maior do que os dados positivos registrados.

A principal inadimplência registrada por essas empresas são a de caixa, onde o usuário não paga na data do vencimento, além desse problema, há uma grande pressão das entidades públicas em proibir o corte de contratos por falta de pagamento durante o período de pandemia, prejudicando o fluxo de lucro das PPPs. Para saber mais como os provedores de internet devem agir em caso de inadimplência, acesse o e-book da Eletronet: https://transportedados.eletronet.com/ebook-inadimplencia.

Summary
Internet Segura – Saiba como configurar corretamente os equipamentos e reduzir os incidentes
Article Name
Internet Segura – Saiba como configurar corretamente os equipamentos e reduzir os incidentes
Description
As boas práticas de segurança da informação são a garantia de que o seu negócio mantenha o nível de qualidade e confiabilidade para seus clientes
Author
Publisher Name
Eletronet
Publisher Logo

Quer saber mais sobre o Mundo dos Provedores de Internet ?

Assine nossa Newsletter e Receba novidades exclusivas!

Comentários